Sábado, 30 de Dezembro de 2006

Em nome do Amor

Chegaste sem o aviso de uma tempestade, sem que a Terra tremesse, sem que a água inundasse os vales e arrastasse a lama pelas colinas em jeito de festejo.

Chegaste embalada pelos deuses, em surdina, sem que os anjos te ouvissem e fizessem soar sinos de um anúncio divino e providencial.

Chegaste e rasgaste sorrisos no nosso rosto, desenhaste lágrimas quentes nos nossos olhos felizes e tornaste mágico o nosso mundo.

Planeámos-te, construímos-te de acordo com os desígnios da nossa imaginação. Queremos que a tua vida seja um castelo cor-de-rosa, que nunca sintas as garras do medo, os punhais da inveja, as dores da derrota, a mágoa da desilusão. Mas sabemos que não será assim… Um dia sairás, atravessarás o alpendre e o pátio, descerás os degraus, percorrerás o jardim e abrirás as portas do teu castelo de açúcar e natas batidas em amor.

Ainda assim, todos os pais do mundo ignoram as leis da física, desafiam verdades absolutas, duplicam-se, desdobram-se, desbravam caminhos intransponíveis, combatem fantasmas e gnomos e bruxas e magos e feiticeiras e ogres feios em florestas imaginárias; aventuram-se por montes e vales; atravessam rios e densas florestas com árvores frondosas e assustadoras; percorrem áridos desertos sem sombras e sem oásis num infinito de areia escaldante.

Será tudo o que podes esperar de nós: guiar-te-emos por caminhos de fadas munidas de varinhas mágicas, por estradas transparentes de cristal, anunciaremos as tuas vitórias em recitais de flores e borboletas, transformaremos os teus desejos com a lâmpada de Aladino, combateremos os teus medos com a Excalibur do rei Artur, viveremos as tuas alegrias a cada baile de Cinderela e procuraremos que nunca exista uma maçã envenenada no teu mundo de princesa.

Chegaste e fadámos-te pelas leis secretas da paixão e pelas teias infindáveis do amor.

Chegaste e ficámos para sempre em dívida para com Deus, a vida e a natureza!

publicado por Papel digital às 11:50

link do post | comentar | favorito

ocorpoopaco.mais sobre mim


ocorpoopaco. ver perfil

ocorpoopaco. seguir perfil

ocorpoopaco.pesquisar

 

ocorpoopaco.Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

ocorpoopaco.posts recentes

ocorpoopaco. A Verdade do Amor

ocorpoopaco. Para uma amiga ...

ocorpoopaco. O que a vida nos dá e nos...

ocorpoopaco. Tesouros da Cultura Nacio...

ocorpoopaco. Antigamente é que era...

ocorpoopaco. Em nome do Amor

ocorpoopaco. O Regresso

ocorpoopaco. Também queria ser bombeir...

ocorpoopaco. Corpos à deriva

ocorpoopaco. Um corpo dentro de outro ...

ocorpoopaco.arquivos

ocorpoopaco. Agosto 2008

ocorpoopaco. Abril 2008

ocorpoopaco. Março 2008

ocorpoopaco. Junho 2007

ocorpoopaco. Fevereiro 2007

ocorpoopaco. Dezembro 2006

ocorpoopaco. Setembro 2006

ocorpoopaco. Julho 2006

ocorpoopaco. Junho 2006

ocorpoopaco. Maio 2006

blogs SAPO

ocorpoopaco.subscrever feeds