Segunda-feira, 22 de Maio de 2006

O Corpo Opaco

Vivemos numa época em que, cada vez mais, o corpo se omite das suas funções. Não das suas funções biológicas, claro está, mas da sua materialidade.

Desaparecemos por detrás de um ecrã, criamos extensões do nosso corpo em teclados e fabricamos novas identidades. Somos heróis sem suor e sem lágrimas, heróis que se fazem sentados, cujos louros são a glória de um recorde batido em números, sem aplausos da multidão.

Ancoramos o nosso corpo de carne em vários corpos que habitam um mundo simulado. Reinventamo-nos à distância de um clique. Estamos livres de nós e das fronteiras da nossa pele. Adquirimos o dom da ubiquidade e ultrapassamos a condição de mortais. Somos deuses a quem ninguém presta homenagem.

Em rede, colonizamos os cérebros uns dos outros, abrimos fronteiras em espaços virtuais, não-lugares povoados de hiper-realidade...

 

publicado por Papel digital às 11:16

link do post | comentar | favorito

ocorpoopaco.mais sobre mim


ocorpoopaco. ver perfil

ocorpoopaco. seguir perfil

ocorpoopaco.pesquisar

 

ocorpoopaco.Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

ocorpoopaco.posts recentes

ocorpoopaco. A Verdade do Amor

ocorpoopaco. Para uma amiga ...

ocorpoopaco. O que a vida nos dá e nos...

ocorpoopaco. Tesouros da Cultura Nacio...

ocorpoopaco. Antigamente é que era...

ocorpoopaco. Em nome do Amor

ocorpoopaco. O Regresso

ocorpoopaco. Também queria ser bombeir...

ocorpoopaco. Corpos à deriva

ocorpoopaco. Um corpo dentro de outro ...

ocorpoopaco.arquivos

ocorpoopaco. Agosto 2008

ocorpoopaco. Abril 2008

ocorpoopaco. Março 2008

ocorpoopaco. Junho 2007

ocorpoopaco. Fevereiro 2007

ocorpoopaco. Dezembro 2006

ocorpoopaco. Setembro 2006

ocorpoopaco. Julho 2006

ocorpoopaco. Junho 2006

ocorpoopaco. Maio 2006

blogs SAPO

ocorpoopaco.subscrever feeds